Dicas de armazenamento de insumos para cozinheiros amadores

2017-08-30 17:32:44
Categorias: Dicas

Quando chegamos do supermercado a primeira coisa que fazemos é guardar as compras. Ma você já reparou como fazemos isso automaticamente? Produtos secos vão para a dispensa, frutas para a fruteira e os resfriados para a geladeira. No entanto, que os insumos sejam armazenados adequadamente, alguns cuidados precisam ser tomados.

A seguir, separamos 10 dicas de armazenamento para que seus alimentos durem mais e mantenham o sabor.

  1. Embale as frutas que vão para a geladeira

Essa regra também vale para legumes e verduras. Passe um papel filme em cada unidade, pois o contato direto com o ar gelado prejudica esses alimentos. Alguns produtos, como cenoura, beterraba, chuchu, pepino e berinjela duram mais quando são guardados em sacos plásticos fechados. Alface, rúcula e outros legumes folhosos precisam ter as folhas soltas, limpas e guardadas em recipientes fechados.

  1. Deixe os tomates fora da refrigeração

Nunca coloque os tomates na geladeira ou em sacos plásticos. Isso faz com que eles estraguem mais rápidos. Essa fruta precisa ser guardada em temperatura ambiente, portanto coloque-a na fruteira.

  1. Evite que as frutas mofem usando vinagre

Em um recipiente, adicione dez partes de água e uma de vinagre. Acrescente as frutas e agite-as na solução. O vinagre não irá interferir no sabor delas, mas evitará que mofem.

  1. Respeite o tempo de congelamento dos alimentos

Cada insumo tem um período pelo qual pode ser congelado, e você deve respeitar isso. Carne bovina e suína duram 8 meses; peixes e frangos, meio ano; camarões até 3 meses. Lembre-se de congelá-las em embalagens plásticas e sem ar.

  1. Não coloque bananas e mangas na geladeira

As duas frutas liberam gases que podem estragar os demais alimentos. Por isso deixe-as na fruteira.

  1. Congele ervas frescas em azeite de oliva

As ervas fazem com que o azeite se expanda enquanto congelam, e as pedrinhas que se formam são excelentes para cozinhar, agregando muito sabor ao prato. A técnica é ideal para alecrim, tomilho, sálvia e orégano.

  1. Organize a dispensa

Os alimentos secos precisam de menos cuidados, mas isso não significa que você não deva dar atenção a eles. Ao guardá-los, considere que alguns produtos perdem aroma e sabor quando ficam muito tempo em contato com o ar. Então os mantenha sempre em local fresco e seco, longe de umidade e raios solares.

Guarde os cereais e derivados em potes herméticos para evitar o aparecimento de carunchos.  Os chás precisam estar longe de alimentos com cheiro forte e que absorvem aromas, como o café. Os temperos também “roubam” a fragrância de outros insumos.

  1. Não misture alimentos com outros produtos

Acredite se quiser, mas algumas pessoas guardam comida e produtos de limpeza no mesmo espaço. Jamais faça isso! Artigos usados para faxina são químicos e, na maioria das vezes, tóxicos. Se você os armazenar juntos, pode contaminar os alimentos.

  1. Não coloque a lixeira na dispensa

Este é outro hábito relativamente comum, mas que deve ser evitado. Se você se esquecer de recolher o lixo, vai acabar contaminando os alimentos.

Viu como não é difícil? Siga essas dicas e seus insumos irão durar mais, manter o aroma e o sabor originais!

Posts Relacionados

Comentar

Compartilhar