Frete Grátis
Nas compras acima de R$ 200,00

Conheça Gênova, a encantadora cidade italiana

2017-03-25 20:49:07
Categorias: Regiões

Terra natal de Cristóvão Colombo, Gênova, na Itália, é uma cidade portuária repleta de encantos. Atualmente moderna, o local que abriga um dos portos mais importantes da Europa já atravessou diversos e importantes períodos históricos, e em cada canto e ruela é possível encontrar vestígios de diversas culturas além da italiana.

Gastronomia

No mesmo lugar onde nasceu e cresceu o navegador que acidentalmente descobriu a América, foi criada uma das receitas mais tradicionais da Itália: o molho pesto, à base de azeite, manjericão, queijo e pinoli. Mas engana-se quem pensa que só de pesto vivem os pratos genoveses. A cidade também é conhecida como a capital da Focaccia col Formaggio (um tipo de pão típico recheado com queijo) e da Pansotti in Salsa di Noci (massa tradicional de Gênova, semelhante a um ravióli, com molho de nozes).Focaccia col Formaggio

A rica zona costeira também oferece suculentos peixes e mariscos, muito presentes na cozinha genovesa. Aliás, esta culinária preza por ingredientes regionais, pescados em seu mar e cultivados ao longo dos 350 quilômetros de costa. Além do manjericão, legumes aromáticos como as alcachofras são motivos de orgulho regional.

Porto Antico di Genova

Uma das principais atrações da cidade, o porto começou a funcionar no fim do século V a.C, sendo a primeira instalação portuária de que se tinha notícia por volta do ano mil. A região foi revitalizada e urbanizada na década de 90, abarcando uma área de 13 mil metros quadrados. Por mais que não se tenha interesse em visitar as diversas atrações, uma caminhada no Porto é praticamente obrigatória: o local é margeado por um calçadão cheio de vida, prédios históricos e estruturas modernas que convivem harmonicamente.

porto-genova

Ali também fica o Aquário de Gênova, o maior da Itália. Numa área de 9.700 metros quadrados existem 39 tanques, com peixes e outros animais dos mais variados ecossistemas. Tubarões, tartarugas, golfinhos e focas estão entre as espécies que o visitante pode ver bem de perto, num passeio que leva cerca de 2h30.

aquario-genova

Elevador Panorâmico

Chamado pelos moradores de Bigo, é um guindaste gigante que levanta as pessoas até a altura de 40 metros, oferecendo uma vista panorâmica e privilegiada desta belíssima cidade. O Bigo faz um giro de 360º permitindo que todas as pessoas que estiverem dentro dele possam apreciar a vista da mesma forma. Do alto se pode ver a Lanterna – farol símbolo da cidade que foi construído na Idade Média. Ainda neste complexo está o restaurante Oltremondo, instalado num antigo navio cargueiro. À noite, o lugar é ocupado por mesas e cadeiras do sofisticado restaurante.

elevador-panoramico-genova

Cinque Terre

São as famosas vilas italianas encravadas nas montanhas ligures. Durante séculos, os moradores construíram suas casas sobre a colina adaptando-se ao terreno acidentado, extraindo o melhor da natureza sem danificá-la. O resultado foi um conjunto de casinhas coloridas emendadas, arquitetura preservada até hoje em todos os cinco vilarejos. Para conhecer cada vila, os visitantes podem fazer a rota a pé, de trem ou barco.

cinque-terre

Igreja San Lorenzo

Um marco na cidade, a construção é totalmente listrada em preto e branco, inclusive no interior. Erguida entre o início do século XII e o final do século XIV, tem elementos arquitetônicos que vão do românico ao gótico francês, passando pelo barroco. A igreja também se destaca pelos vitrais e pelo acervo de seu museu de arte sacra. Entre as relíquias, estão uma bandeja que se acredita ter sido usada pelos apóstolos de Cristo e outra em que a cabeça de São João Batista teria sido entregue à Salomé.

igreja-san-lorenzo

Ela fica na Via San Lorenzo, principal rua do centro antigo de Gênova. Como a cidade começou a ganhar forma no período medieval, esta região é repleta de becos e ruelas, e perder-se entre eles faz parte da experiência genovesa. É assim que se chega aos largos cheios de mesas onde se pode degustar as delícias da cozinha regional.

Perto da San Lorenzo está outra igreja que merece ser visitada: a barroca Del Gesù fica na animada Piazza Matteotti, onde está uma das entradas do Palazzio Ducale, antiga casa dos governantes da cidade, atualmente um importante centro cultural.

Piazza Matteotti

Piazza de Ferrari e Via XX Settembre

É nesta praça que se encontrava o centro comercial da Gênova renascentista. Cercada por imponentes construções, a praça dá a real dimensão da importância econômica da cidade. O destaque é o Teatro Carlo Felice, ou Teatro da Ópera, com uma estátua de Giusepe Garibaldi na frente e uma elegante galeria de lojas nos fundos.

Piazza de Ferrari

Já a Via XX Settembre parte da praça e é carinhosamente chamada, pelos genoveses, de “Via Venti (rua vinte)”. Ali é possível bater pernas e conhecer muitas lojas, olhar vitrines e comprar recordações para trazer para casa.

Via XX Settembre

Via Garibaldi e Via Balbi

Estas duas ruas possuem uma coleção de palácios que demonstram toda a riqueza e exuberância da Itália. A Via Garibaldi é o endereço de 14 palácios de grande valor histórico e artístico, construídos pelos grandes comerciantes da região durante o século XVI e que atualmente se converteram em museus e centros culturais. Os mais importantes são os palácios Bianco e Rosso, um de frente para o outro.

palacio-branco-vermelho-genova

Na Via Balbi, as obras datam do século XVII e são menos numerosas, porém maiores. O principal é o Palazzo Reale, antiga residência dos reis de Savóia. É aberta à visitação e tem impressionantes jardins e salões.

Boccadasse

Programa tradicional na cidade é presenciar o entardecer na pequena praia de Boccadesse. O pôr do sol dá um colorido especial aos prédios antigos pintados em tons rubros, laranjas, amarelos e beges. Fica localizada no final do Corso Italia – avenida à beira-mar que margeia um punhado de praias, todas próprias para banho e bem servidas de bares e restaurantes.

boccadasse

Casa de Cristóvão Colombo

Apesar de ser muito simples, é um dos pontos mais concorridos de Gênova. Mesmo sendo desconhecido seu local de nascimento e de não haver registros sobre seus primeiros anos, acredita-se que o navegador nasceu por volta de 1451 e que teria vivido alguns anos de sua infância na casa humilde, quase em ruínas, onde hoje funciona um museu que conta sua história.

casa-cristovao-colombo

Fontes:

http://roteirosemais.com/europa/o-que-conhecer-em-genova-na-italia/

http://www.euandopelomundo.com/blog/o-que-fazer-em-genova/

http://www.aproximaviagem.pt/n2/15_genova.html

http://oglobo.globo.com/boa-viagem/um-verao-com-sabor-de-pesto-em-genova-na-italia-2719174

http://comida.ig.com.br/pelomundo/liguria/4fd6328063a8bb36eb4185c0.html

Produtos Relacionados

Posts Relacionados

Compartilhar