Frete Grátis
Nas compras acima de R$ 200,00

Conheça a Região do Avelã

2017-03-25 20:04:18
Categorias: Regiões

Com colinas cobertas de vinhedos, castelos e cidades medievais, a região de Piemonte, na Itália, já deveria ter caído nas graças dos viajantes de plantão.

Sua capital, Turim, foi a primeira capital do país, é cheia de história e tradição, sendo o lar preferido da nobreza italiana ao longo dos séculos.

região-avelã

Altíssima qualidade em doces

Elaborada e deliciosa, a cozinha piemontesa é repleta de pratos com carnes, caças, risotos, queijos de altíssima qualidade e excelentes doces. Aliás, é de lá a receita do creme de avelã mais famoso do mundo.

região-avelã

Capital Europeia da Arte Barroca

Denominada de pequena Paris, Turim é considerada por muitos a capital europeia da arte barroca, por seus magníficos palácios e igrejas.

região-avelã

Principais Monumentos

Os principais monumentos da cidade ficam ao redor da Piazza Castello, sejam eles medievais, renascentistas ou barrocos.

região-avelã

Lá ficam os palácios Real e Madama além da belíssima Catedral, onde está exposta uma cópia do Santo Sudário. A original é apresentada aos fiéis apenas em ocasiões especiais.

região-avelã

Mole Antonelliana

É nas imediações do centro também que se vê o símbolo máximo de Turim, a Mole Antonelliana, que começou a ser construída em 1863 pelo arquiteto Alessandro Antonelli para ser uma sinagoga.

região-avelã

Museu do Ressurgimento Italiano

Dez anos depois, em 1873, a comunidade hebraica cedeu o edifício à prefeitura de Turim, que o dedicou ao rei Vittorio Emanuele II. Quando as obras terminaram, em 1889, o governo decidiu que o local abrigaria um Museu do Ressurgimento Italiano.

Atualmente, a Mole – que hospeda o esplêndido Museu do Cinema – possui um elevador que leva o visitante a 85 metros de altura, de onde é possível apreciar a vista panorâmica da cidade e de seus Alpes.

Basílica de Superga

Outro marco arquitetônico imperdível é a Basílica de Superga. Projetada por Filippo Juvarra, a obra barroca abriga as tumbas da família real de Saboia.

região-avelã

Parque do Valentino

Recarregar as energias no Parque do Valentino é primordial. O interessante é que lá dentro há uma réplica de um burgo medieval, com casas, bodegas e artesanatos que retratam o cotidiano de uma cidade da Idade Média.

região-avelã

Museu Egípcio

Mas nem só de cultura italiana vive Turim. A cidade abriga o principal Museu Egípcio do mundo, depois do museu do Cairo.

região-avelã

Ao todo, 3.500 itens – entre tumbas, múmias, sarcófagos, estátuas e diversos objetos – podem ser observados em uma área de 10 mil metros quadrados.

Chocolate Gianduia

Pra encerrar um passeio na Petit Paris, nada melhor que se esbaldar no registro gastronômico da cidade: o chocolate gianduia.

A iguaria nasceu da criatividade italiana frente ao domínio de Napoleão, que chegou a impor o bloqueio ao cacau. Na época, os doceiros da cidade decidiram substituir o ingrediente base do chocolate por farinha de avelã torrada, criando esta deliciosa variação.

Aliás, para os amantes da boa culinária, Turim é praticamente um paraíso. São diversas opções, de grandes bulevares a pequenos cafés históricos.

região-avelã

Caffè Fiorio

Destaque para o Caffè Fiorio, que fundado em 1780, é um dos mais antigos e tradicionais da cidade. Dizem os visitantes que o melhor “gelato gianduia” é de lá. Fica a dica!

região-avelã

Fontes:
http://italiaparabrasileiros.com/10-coisas-para-fazer-em-turim/
http://viagemculinaria.blog.br/piemonte-3/
http://www.milaonasmaos.it/dicas-do-que-fazer-turim/

Posts Relacionados

Compartilhar