Frete Grátis
Nas compras acima de R$ 150,00

Como escolher o tipo certo de faca para sua cozinha

2017-05-15 16:12:40
Categorias: Dicas

Quem se aventura na cozinha, sabe que ter à mão vários utensílios pode facilitar – e muito – a vida do chef. No entanto, nenhum deles é tão importante quando as facas. Sim, no plural, pois a variedade de modelos e finalidades é tão grande que confunde até os mais experientes. Por isso, relacionamos abaixo uma série de facas (e suas indicações) para ajudá-lo a definir quais os melhores modelos para ter na gaveta.

Facas de chef:

Tem função universal: de legumes e verduras até as carnes, passando pelas frutas, tudo pode ser cortado por ela. Possui entre 15 e 30 cm de comprimento, fio liso e ponta ligeiramente curvada, o que permite que a faca deslize na tábua enquanto corta o alimento. Se você tiver que comprar uma única faca, escolha essa.

Faca de pão:

É serrilhada e tem cerca de 20 cm de comprimento, permitindo cortar o pão sem amassá-lo. Também pode ser usada para fatiar tomate, pêssegos e nectarinas. Por conta de seu formato não precisam ser afiadas, mas tem vida útil longa.

Faca para desossar:

É ideal para separar a carne dos ossos, mas também serve para cortar frango e peixes. É levemente curvada, e por isso oferece maior controle e precisão. Sua lâmina é fina, longa e de fio liso. Por ter a ponta rígida, facilita a remoção de nervos e gorduras.

Mezzaluna:

Com lâmina em meia lua e dois cabos, é especial para cortar ervas. Há modelos maiores, que são usados para cortar pizza. Algumas possuem duas lâminas.

Cutelo: 

Existem dois tipos, o europeu e o chinês. O europeu é mais pesado, e serve para cortar ossos (funciona como se fosse um machado). O chinês é mais útil e versátil, servindo para diversos tipos de corte, especialmente quando se precisa de precisão. Pode ser aproveitado para fatiar, cortar legumes e frutas à julienne e para cortar ervas.

Santoku:

Assim como a faca de chef, é para uso geral e sua origem, como o nome revela, é japonesa. “Santoku” pode ser traduzido como “três usos”, fazendo menção às suas utilizações: fatiar, cortar e picar. Sua lâmina é curta, larga e tem fio liso.

Faca serrilhada: 

Irmã da faca de pão, parte do mesmo princípio, sendo apenas menos comprida. É específica para cortar alimentos com casca dura e interior macio como, por exemplo, o abacaxi. 

Faca de ostra:

Com lâmina curta e resistente, é ideal para abrir cascas de moluscos e nozes. 

Faca de sashimi:

É longa, tem cabo firme e fio chanfrado apenas de um lado, para deixá-la mais afiada, o que resulta em sashimis com corte preciso. 

Faca de salmão: 

Este peixe requer um modelo especial. Ela possui lâmina larga e flexível, com cerca de 30 cm e ponta arredondada para assegurar o corte do peixe. Possui vários alvéolos na lâmina para garantir o corte liso sem esforço.

Faca de massa: 

Seu fio é ondulado e em formato de espátula de confeiteiro. O design é pensado para não danificar massas delicadas no momento do corte.

Fileteira:

Com lâmina fina e longa, é ideal para filetar peixes. Pode ser flexível ou rígida, mas em ambos os casos, manuseie-as com cuidado, pois são extremamente afiadas. Não a utilize para limpar os pescados. Neste caso, opte por um descamador (movimentos circulares ajudam a tirar melhor a escama sem fazer sujeira) com o apoio de uma faca bem afiada (pode ser a de chef), cortando bem rente à pele.

Fontes:

http://paladar.estadao.com.br/noticias/comida,como-limpar-e-cortar-peixes-em-casa,10000060943 

http://cozinhatecnica.com/2015/02/tipos-de-facas/ 

https://comidasebebidas.uol.com.br/album/2013/08/21/conheca-facas-e-seus-usos-na-cozinha.htm 

http://www.espacodogourmet.com.br/blogedg/diferentes-tipos-de-facas-e-suas-funcoes/ 

Posts Relacionados

Compartilhar